Vila Torres Digital

Vila Torres Digital já conecta gratuitamente mais de 500 pessoas

Programa de inclusão digital lança novo portal de notícias e informações da comunidade nesta sexta-feira (25). Site terá conteúdo feito por adolescentes de escola pública

| Notícias - 25/04/2014 21:49

Mais de 500 pessoas já estão conectadas gratuitamente à internet pelo programa Vila Torres Digital. O aumento ocorreu devido ao lançamento do sinal Wi-Fi em uma das escolas públicas do bairro, em março deste ano. Desde o mês passado, cerca de 300 alunos e professores do Colégio Estadual Manoel Ribas podem se conectar à web diariamente sem custo algum, do mesmo modo que acontece com mais de 50 famílias da comunidade que já participavam do projeto de inclusão digital.

A iniciativa, coordenada pelo Clube de Mães da Vila Torres, em parceria com a Rede Cidade Digital (RCD) e a empresa de tecnologia, By Air Brasil/MCM Telecom, além de levar o sinal para dentro do ambiente escolar por meio de hotspots e alinhar os benefícios do Wi-Fi com o processo pedagógico, distribui sinal de internet gratuito para todos os moradores da Vila, tendo como principal objetivo gerar e disseminar as boas ações realizadas na localidade e transmitir uma imagem positiva dessa comunidade para o mundo por meio da web.

Esse processo é possível devido ao portal Vila Torres Digital (www.vilatorresdigital.com.br), veículo de comunicação do programa que recebe, nesta sexta-feira (25), uma atualização em seu visual e sistema de navegação. As melhorias também vão proporcionar a participação dos alunos do colégio no site, que irão publicar textos, matérias, fotos e vídeos produzidos na sala de aula.

Oneida da Silva, moradora da Vila e mãe do Sander, que estuda na 6ª série do Manoel Ribas, está bem otimista com o programa. “É uma oportunidade do meu filho e de todas as outras crianças visualizarem o mundo de outra maneira e terem conhecimento da sociedade e da vida. É muito importante para a autoestima delas e para virem mais motivadas ao Colégio”, afirma.
A mãe, que também possui a internet gratuita da Vila Torres Digital em sua residência, vê a escola como uma extensão de sua casa, e acredita que com o Wi-Fi no Colégio, o filho só tem a ganhar. “Meu filho escuta músicas, vê vídeos, faz seus trabalhos da escola e também joga na internet. Inclusive, foi tão importante esse programa na minha casa que ele disse para mim que queria ser programador de jogos. Ele pegou tanto gosto pela coisa que isso virou um sonho dele. Ele só teve essa decisão por ter acesso à internet”, acrescenta.

Novo Portal Vila Torres Digital

O novo Portal Vila Torres Digital foi feito para poder mostrar ao máximo a “cara” da Vila Torres na internet. Com um layout responsivo, ou seja, que pode ser acessado por celulares e tablets mantendo a fácil navegação e leitura, o site agora também terá conteúdo produzido pelos alunos do Colégio Estadual Manoel Ribas.

Os jovens, em maioria da 8ª série, possuem uma disciplina especial de mídias digitais, na qual aprendem sobre os meios de produção de conteúdo para internet e sobre funções jornalísticas e audiovisuais. Com o novo Portal Vila Torres Digital, esses adolescentes poderão colocar suas criações diretamente no site. O sistema de publicação também foi refeito, e agora utilizará a plataforma WordPress, a qual irá facilitar as postagens a dar mais agilidade os processos.

A professora Ana Cláudia de Oliveira, responsável pela disciplina, explica que é necessário “ensinar um caminho” para utilizar a web para se buscar conteúdo de qualidade e segurança, fugindo do padrão facebook e youtube. A educadora também está entusiasmada com a nova fase. “Acredito que isto possa ampliar o meu trabalho aqui na escola, por ter acesso mais facilmente, e, também, fora dela, onde os alunos podem integrar os pais com o trabalho que temos aqui”, afirma a educadora.

José Marinho, diretor da RCD, explica que a primeira fase do programa, que iniciou no primeiro semestre de 2013, consistia em disponibilizar o sinal gratuito de internet e de qualidade para todos os moradores, e, nesta segunda parte, utilizá-lo para o desenvolvimento social e cultural do local. “O projeto começa a ganhar mais corpo, a ser reforçado com a implantação desta segunda fase, porque entramos num processo de uso da tecnologia para o aprendizado e produção do conhecimento”, observa marinho.

Para ter acesso ao Wi-Fi na escola, basta o aluno se cadastrar ao sistema utilizando seu código de matrícula, ou, se for professor ou convidado, basta usar seu CPF. A liberação de uso é realizada pela secretaria do Colégio.

Realização: