Vila Torres Digital

Vila ou Ilha das Torres?

Comunidade reclama do isolamento causado pelas obras no entorno da região

| Notícias - 04/04/2013 12:00

As obras na Avenida Comendador Franco (Avenida das Torres) têm preocupado os moradores da Vila das Torres. Desde o início das modificações, várias vias de acesso foram fechadas e alguns pontos de ônibus foram removidos. O temor dos moradores é de que as modificações proporcionadas pelas obras sejam mantidas, mas há quem considere o investimento da Prefeitura um progresso e importante melhoria para a comunidade.

Segundo Andrea Morais, em uma coluna publicada na Gazeta do Povo do dia 26 de março, essa condição “trouxe de volta um sentimento alimentado por muitos anos pelos moradores da região: o de pertencimento a um gueto.” A analogia da autora refere-se a história da comunidade, que antigamente era denominada Vila Pinto, remanescente da extinta “Favela do Capanema”. A comunidade já foi mais marginalizada pela sociedade e teve intensificado o caráter de isolamento de outros bairros, mesmo estando em uma região quase central da cidade, em meio aos bairros Rebouças e Prado Velho.

A Associação de Moradores da região pediu esclarecimentos da prefeitura, mas, segundo Marcos Eriberto dos Santos, o Marcão, presidente da associação, o retorno foi insatisfatório. “Ouvimos dizer que, mesmo após as obras, a vila continuará ‘fechada’. Voltamos a ser invisíveis”, comenta Marcão, ao ressaltar que as medidas podem ser até necessárias, mas faltam informações à comunidade.

Maurício Cavalcanti, diretor da Regional Matriz, que responde pela Vila das Torres, afirma já ter explicado a representantes dos moradores que a abertura de acessos à Vila requer uma mudança no projeto das obras em execução no local. Este projeto foi feito na gestão anterior. Segundo ele, a intenção é de reabrir os acessos, mas para isso será preciso negociar com o Ippuc, que tem que aprovar a mudança. A Regional está fazendo um levantamento fotográfico das ruas interditadas para ser enviado ao Ippuc. O processo, porém, tem um trâmite e a solução pode demorar.

E você, o que acha das obras na Vila das Torres? Comente, opine!

Com informações da Gazeta do Povo

Realização: