Vila Torres Digital

Reciclagem x Acúmulo

Um pouco da história da Vila das Torres contada pela jornalista Adriane Lazaroto*

| Sem categoria - 29/05/2013 18:54

Um dos grandes benefícios para a cidade é a coleta seletiva de lixo que acontece com a participação dos catadores de papel, como são mais conhecidos. Eles são responsáveis por contribuir para a reciclagem do lixo e conseqüentemente com a sustentabilidade da cidade.

A Vila das Torres é conhecida por ser endereço desses profissionais e de muitos depósitos de reciclagem. Nesses locais podem ser encontrados papelões, vidros, plásticos que são descartados nos bairros mais centrais de Curitiba. Os materiais são vendidos a empresas e organizações que os reaproveitam.

Nos últimos anos, esse ciclo vem diminuindo, há cada vez menos catadores de papel. Este trabalho vem sendo substituído por outras profissões.  Mas o que é curioso, é que ainda muitos moradores acumulam materiais – reciclados e lixo – dentro e fora das suas casas.

Na Vila, a fiscalização por meio dos órgãos governamentais é precária, o que contribui para que alguns moradores não se importem em despejar o que encontram nas suas portas. E quem sofre são os vizinhos e a comunidade.

Neste final de semana acontece a eleição da diretoria da Associação de Moradores da Vila das Torres. Há muito tempo que eu não via tanta campanha. Em frente às casas a faixas, estão sendo distribuídos flyers das chapas e a busca por votos no “boca a boca” corre solta.

 

 

*Adriane Lazaroto é jornalista com passagens em diversos veículos de comunicação de Curitiba. É voluntária do Clube de Mães União Vila das Torres desde o ano 2000 e autora do livro reportagem “Como Ela É – A Vila das Torres contada por seus Moradores”.

Realização: