Vila Torres Digital

Prefeitura anuncia reativação da CMEI Vila Torres

Anúncio da medida foi realizada pelo prefeito Gustavo Fruet na Regional Matriz

| Notícias - 10/07/2013 18:14

A Prefeitura vai reformar e reativar o Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) da Vila das Torres, que irá zerar a demanda por vagas de creche naquela comunidade. O anúncio foi feito pelo prefeito Gustavo Fruet durante a consulta pública realizada na noite desta segunda-feira (8) na Regional Matriz para discutir a proposta da Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2014.

Cerca de 250 pessoas compareceram à audiência, que aconteceu no auditório da Fesp. Durante duas horas, o prefeito e secretários municipais responderam perguntas sobre todos os setores da administração municipal, feitas diretamente por moradores. “É importante ampliar e intensificar cada vez mais os canais de comunicação com a população, seja nas consultas públicas, por telefone ou pelas redes sociais”, disse Fruet.

Entre as obras realizadas nos últimos meses e os projetos futuros previstos para os bairros da região central de Curitiba, o prefeito destacou a reforma e reativação do CMEI da Vila das Torres, localizado ao lado da Unidade de Saúde Vila das Torres. “O espaço estava desativado há mais de um ano e será revitalizado, passando a oferecer 150 vagas a mais para quem mora na região”, explicou.

Fruet enfatizou a importância dos investimentos na área de educação, não apenas para a Regional Matriz, mas em toda a cidade. “Inauguramos recentemente duas bibliotecas escolares e duas gibitecas e há previsão de revitalização de acervos e espaços físicos de diversas bibliotecas”, informou.

O presidente da Associação dos Moradores da Vila das Torres, Marcos Eriberto dos Santos (Marcão), comemorou a novidade. “Zerar a demanda por vagas de creche é uma demanda antiga da nossa comunidade. A reativação deste CMEI é importantíssima para nós”, afirmou. Marcão participa de todas as consultas públicas, representando a comunidade, que tem cerca de 10 mil moradores.

Segundo a secretária municipal da Educação, Roberlayne Roballo, o CMEI Vila das Torres deverá ser entregue à população no primeiro semestre de 2014. “Estive pessoalmente avaliando o local, junto de uma equipe técnica e de representantes dos moradores”, conta Roberlayne. “A reabertura deste espaço, que estava abandonado, será um grande ganho para a cidade”, afirmou.

Participação

A importância da participação de cada morador ou líder comunitário nas consultas públicas foi destacada pelos participantes da audiência. “Esta é a grande oportunidade para a população sugerir e de ser ouvida pelo poder público”, comentou a presidente da Associação dos Lojistas da Rua Augusto Stresser, Giovanna Conte.

Representado cerca de 400 comerciantes da região, ela entregou ao prefeito uma lista com reivindicações e sugestões do grupo. “Todos podemos ser agentes de mudança na cidade”, disse Giovanna. “Quem não participa das audiências não pode depois reclamar que as coisas não acontecem. Essa é a oportunidade de fazermos a diferença”, afirmou.

A mesma opinião têm o autônomo Adilson André Adão e o aposentado Cláudio Machado. Vizinhos na Rua Embaixador Hipólito de Araújo, no Rebouças, eles foram juntos à consulta para reafirmar uma solicitação viária que já haviam protocolado na Administração Regional da Matriz. “Fomos muito bem atendidos na Regional e viemos para reforçar o nosso pedido”, comentaram.

Entre as muitas sugestões, perguntas e encaminhamentos de reivindicações feitas durante a consulta, os itens mais abordados foram revitalização de ruas, lazer e cultura, abastecimento, saúde e limpeza de rios. Os moradores que não tiveram suas questões respondidas na hora pela equipe da Prefeitura irão receber um retorno em no máximo três dias.

As consultas públicas têm a finalidade de discutir com a população de Curitiba a destinação dos R$ 7,1 bilhões previstos para o orçamento de 2014 e também o Plano Plurianual (PPA) 2014/2017, que define os grandes programas da administração municipal a serem desenvolvidos nos próximos quatro anos.

Cada encontro acontece numa das nove administrações regionais. As consultas são realizadas das 19 horas às 21h30, desde o dia 1º até 18 de julho. A próxima será nesta terça-feira (9), no Clube Duque de Caxias, Regional da Boa Vista. Todo cidadão pode encaminhar sugestões pessoalmente ou pelo site da Prefeitura: http://www.curitiba.pr.gov.br/participe.

A Regional Matriz reúne 18 bairros centrais da cidade e tem mais de 200 mil habitantes. Além do prefeito e secretários municipais, a consulta pública reuniu diversos vereadores, entre eles o presidente da Câmara Municipal de Curitiba, Paulo Salamuni.

 

Via Prefeitura de Curitiba

Realização: