Vila Torres Digital

A educação pede passagem

Um pouco da história da Vila das Torres contada pela jornalista Adriane Lazaroto*

| Notícias - 02/05/2013 19:32

Um dos grandes progressos na Vila das Torres foi quanto à educação. Hoje é normal ver moradores comentando sobre cursos técnicos, escolha de profissão ou até mesmo qual universidade oferece o melhor estudo em contrapartida do financiamento escolar. Outro dia mesmo, passando em frente a uma casa me deparei com uma faixa de uma família parabenizando o filho que passou no vestibular da Federal. Até um tempo atrás diria que era difícil de imaginar essa cena, mas não impossível.

O fato é que a comunidade sempre foi cercada por colégios particulares e universidades (Federal e PUCPR), possui também escolas públicas, mas a mudança está no entendimento dos moradores de que a definição do futuro pode estar nos bancos escolares e que é possível escolher uma profissão.

Entretanto, essa realidade proporcionou um novo desafio que é o que se fazer com as exigências do ensino. Em alguns casos os alunos escolhem se trabalham ou estudam, porque não conseguem acompanhar as duas coisas. Por sorte, o estudo prevalece em muitos casos.

Há ainda outra situação, a do puro acompanhamento do aprendizado. Apesar da carreira escolar já ser uma escolha, o ensino exige estudo, estudo e estudo. Esse cotidiano ainda está sendo absorvido pelas famílias e vai levar um tempo para que compreendam essa dinâmica.

 

*Adriane Lazaroto é jornalista com passagens em diversos veículos de comunicação de Curitiba. É voluntária do Clube de Mães União Vila das Torres desde o ano 2000 e autora do livro reportagem “Como Ela É – A Vila das Torres contada por seus Moradores”.

Realização: