Vila Torres Digital

Time da Vila trabalha para participar da Federação Paranaense de Futebol

Neste ano de 2018 a vocação para o futebol deve ganhar um ingrediente a mais com a possibilidade do União Vila Torres se federar

| Notícias - 06/02/2018 13:47

A vocação para o futebol entre os moradores da região da Vila das Torres em Curitiba é conhecida dentro e fora do bairro. São vários os títulos amadores conquistados por agremiações que representam a Vila. Neste ano de 2018 esta vocação deve ganhar um ingrediente a mais com a possibilidade de entrada do União Vila Torres à Federação Paranaense de Futebol.  Um sonho acalentado nos últimos anos por todos amantes da bola. “A comunidade merece este reconhecimento”, afirma Marcos Eriberto dos Santos, o Marcão, que foi presidente da Associação de Moradores por dois mandatos, de 2009 a 2017 e o grande articulador para o crescimento do time.

O União Vila Torres terminou 2017 campeão Intermunicipal  ao vencer o Manilha de Pinhais em jogo realizado no Estádio do Santa Quitéria, no dia 10 de dezembro (foto). De 2009 até 2017 foram seis títulos conquistados em campeonatos amadores em Curitiba e Região Metropolitana.

“Apesar dos bons resultados no último ano só participamos de um campeonato porque nossa intenção é federar e isso tem um custo. Como o dinheiro é pouco e mesmo a equipe sendo formada por jogadores voluntários, cada jogo tem um custo médio de R$ 1.400,00 e optamos por focar a renda, que é pequena, na documentação para apresentar na Federação Paranaense de Futebol”, explica Marcão.

Campo da Vila

A Vila das Torres é um dos poucos lugares de Curitiba que possui campo de futebol  de campo no bairro para uso dos moradores. A Praça Márcio Vendramel, localizada na Vila, é o ponto de início da paixão pelo futebol. É o local onde as crianças brincam e foi recuperada com esforço dos próprios moradores e algum apoio da prefeitura, com a coordenação do Marcão quando assumiu pela primeira vez a presidência da Associação de Moradores. “Na época tinha até esgoto brotando na campo”, conta. Neste último ano também com esforço do Marcão, o campo foi novamente recuperado, foi arrumado o vestiário, colocadas telhas e recuperado o gramado, que depende de manutenção rotineira.

Na praça funciona uma escolinha de futebol para crianças da Vila. “Nosso intuito não é formar jogadores. É formar cidadãos, dar disciplina”, explica Marcão. “O futebol envolve crianças, sutilmente combate a violência e tira a criança da rua”, opina. “Quando assumi a Associação  consegui fardamento para equipe e vi que o pessoal aceitava bem a ideia de ter um time da Vila e comecei a vender esta proposta para conseguir apoios. Não é um trabalho fácil mas tenho tido apoio. No último ano também consegui  tirar o alvará de funcionamento da escolinha e apoio da Secretaria de Esporte de Curitiba”, conta.

Na documentação apresentada à FPF o time leva o nome de Associação Esportiva e Recreativa União Vila Torres. Desde 2009 quando começou a ser incentivada a participação de um time da Vila nos campeonatos amadores, a equipe, que tem os melhores jogadores da região. Teve as seguintes conquistas:

Copa Kaiser em 2010, considerada uma das conquistas mais importantes, pois é um campeonato amador estadual

Bi-campeão da Copa Integração Metropolitana com o primeiro lugar em 2011 e 2012

Bi-campeão da Copa Folha de Tamandaré 2013, 2014

1º lugar na Copa Intermunicipal em 2017;

“A participação nos torneios é um lazer para as famílias que acompanham os jogos. Gera integração”, comenta. “Em 2018 é outro patamar. Um degrau acima. Com a federação aumentará a responsabilidade da equipe. É o que estamos buscando”, afirma o Marcos Eriberto.

A internet é o meio encontrado para manter a torcida informada sobre os torneios e as ações do time. Na página na rede social Facebook, os interessados encontram as tabelas dos jogos, as fotos e informações sobre promoções que ajudam a levantar recursos para a equipe. Clique aqui

Gica Rossi

Realização: